Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Aventuras De Um Rapaz Distraído

Lifestyle, Cultura, Livros e Sociedade!!! :)

14
Dez18

«Está aí Alguém?» - FIMO 2018

João Martins

bsdibwjçsandxk.jpg

34962910_1996918336985993_419318193979392000_o.jpg

35065773_1996935140317646_6019641555789283328_o.jp

35143383_1997730453571448_2576835744576307200_o.jp

35143752_1999375953406898_1332995477439774720_n.jp

35151373_1997718640239296_6909749793896005632_o.jp

 

35162195_1997736226904204_2780266045917626368_n.jp

35645280_1504368133002042_7939899920339697664_o.jp

🎭✨

Uma palavra, MÁGICO!!!

Nos dias 9 e 10 de Junho tive o privilégio de participar novamente no FIMO- Festival Internacional de Marionetas de Ovar, este ano com «Está aí Alguém?» com encenação e dramaturgia de Manuel Ramos Costa produzido pela Contacto- Companhia Teatro de Água Corrente de Ovar.

Agradeço do fundo do meu coração, a confiança depositada em mim para representar, pela terceira vez, esta casa que tanto faz pela cultura e comunidade vareira. 

Uma peça bela, apaixonante, mágica, carregada de fantasia e cor, em luz negra!

Senti uma grande responsabilidade, pois esta peça já foi representada à algum tempo, pela mesma companhia, só que com outro elenco e inserida num outro projecto, mas fiz o meu papel e pelos elogios que chegaram até mim, agradei a muita gente. 

Aproveito, por meio deste texto para felicitar o trabalho dos meus colegas de palco: Tiago Amaral, Juliana Almeida e Luís Ribeiro.

Agradeço também aos outros elementos da companhia, que ajudaram à construção deste espetáculo, que encantou muita pequenada. Um grande beijinho e muitos abraços!!!

Adorei esta experiência, foi cá uma aventura!!!... 

 

Deixo aqui em baixo a sinopse do espetáculo e em cima algumas imagens da autoria de: Ponto e Vírgula, Manuel Costa e FIMO. 

Foi tão giro!!!  

 

SINOPSE DA PEÇA:

"«Está aí alguém?» conta a história de Pascoalum menino loiro de sete anos, que enquanto brincava com a sua mãe, resolveu esconder-se num sítio totalmente escuro, possivelmente uma arrecadação, e ficou desorientado. Pôs-se à procura da porta por onde entrara e ouviu alguém soluçar e logo quis saber quem era. De início, pensou tratar-se de alguém como ele, isto é, de uma criança, mas com o desenrolar do diálogo, ficou bastante intrigado, porque a todas as perguntas que fazia obtinha como resposta outras perguntas…"

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





Publicidade





Publicidade





A ler...





Destaques





Lojas e Serviços










Publicidade

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Projeto no Instagram